Médicos recém-especialistas com cinco dias para se candidatarem

Há 110 vagas para os centros de saúde e 500 para a categoria de assistente das áreas hospitalar e de saúde pública

Os médicos recém-especialistas em medicina geral e familiar e da área hospitalar têm cinco dias úteis para apresentarem a sua candidatura aos estabelecimentos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), segundo os avisos publicados em Diário da República.

Em causa estão dois concursos, um dos quais para o recrutamento de pessoal médico para a categoria de assistente a área de medicina geral e familiar -- carreira especial médica e carreira médica dos estabelecimentos de saúde no SNS.

As vagas estão distribuídas por Agrupamentos de Centros de Saúde/Unidades Funcionais nas Administrações Regionais de Saúde do Norte (28), Centro (22), Lisboa e Vale do Tejo (43), Alentejo (12) e Algarve (5).

O outro concurso refere-se ao recrutamento de pessoal médico para a categoria de assistente das áreas hospitalar e de saúde pública, tendo sido divulgadas cerca de 500 vagas disponíveis ao longo do país.

Em ambos os concursos o prazo para a apresentação de candidaturas é de cinco dias úteis, a partir da data de publicação dos avisos no Diário da República, cuja edição é datada de terça-feira.

Ler mais

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.