Marido de diretora de colégio na Amadora detido por abusos

Empresário de 50 anos, marido da diretora de um colégio para crianças, na Amadora, foi detido pela PJ por suspeita de ter abusado de três meninas. Está em prisão preventiva

O caso foi conhecido no final de julho quando uma reportagem da TVI referiu que tinham chegado à PJ três denúncias de abuso sexual num colégio particular da Amadora. O suspeito era o marido da diretora cuja detenção por alegados abusos sobre três meninas do colégio foi hoje confirmada pela Polícia Judiciária, em comunicado.

O" arguido era colaborador em atividades extracurriculares no estabelecimento de ensino de um seu familiar onde, beneficiando dessa circunstância, terá perpetrado atos sexuais de relevo com três meninas de idade pré-escolar", refere o comunicado da Judiciária.

Presente a primeiro interrogatório judicial, o homem ficou em prisão preventiva. A investigação da PJ vai prosseguir para aprofundar o conhecimento sobre os factos e a eventual identificação de outras vítimas.

Ler mais