Marcelo e Costa almoçam com Draghi e Carlos Costa

No Conselho de Estado na quinta-feira, Mário Draghi terá oportunidade de responder a algumas questões levantadas pelos conselheiros

O Presidente da República e o primeiro-ministro vão almoçar esta quinta-feira com Mário Draghi, o atual presidente do Banco Central Europeu (BCE), e Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, uma oportunidade para discutir a situação do sistema financeiro.

No almoço, antes do Conselho de Estado, tanto Mario Draghi como Carlos Costa serão convidados especiais do Presidente português, onde poderão discutir não apenas a evolução da economia europeia, tema do Conselho de Estado, mas também a situação em que o sistema financeiro português se encontra.

Segundo a TSF, o encontro surge também num momento em que existem vários "temas sensíveis" que poderão ser falados durante o almoço: fim do prazo dado pelo próprio BCE para que se chegue a um acordo no BPI sobre o Banco de Fomento de Angola, uma vez que se não houver acordo entre o catalão La Caixa e a angolana Isabel dos Santos o banco será alvo de pesadas multas do BCE; também a venda do Novo Banco, muito contestada à esquerda em Portugal; e o reforço de capitais necessário quer no BCP, quer no banco público, a Caixa Geral de Depósitos.

O presidente do BCE foi ainda convidado pelo Presidente da República para fazer um discurso no Conselho de Estado e depois responder a algumas perguntas dos conselheiros, enquanto Carlos Costa apenas assistirá ao Conselho de Estado.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).