Marcelo diverte Isabel II com história de quando era criança

O Presidente da República de visita a Buckingham contou à Rainha as recordações das visitas da monarca a Portugal

O Presidente da República recordou hoje numa visita à rainha Isabel II como esteve presente nas duas visitas da monarca a Portugal, uma das quais ainda era criança, o que mereceu um gracejo da monarca.

"Tenho a certeza que era", comentou, divertida, quando MarceloRebelo de Sousa lhe contou que se lembra da visita de Estado que Isabel II fez a Portugal em 1957, a quinta após a coroação em 1953.

Na altura, a rainha, atualmente com 90 anos, tinha então 30 anos e o agora chefe de Estado oito anos.

"Quando chegou a Lisboa, ao Terreiro do Paço, aquela grande praça, numa carruagem, com o general Craveiro Lopes, eu estava lá, era uma criança. Estava na primeira fila para vê-la", recordou Marcelo Rebelo de Sousa.

Na segunda visita da monarca a Portugal, em 1985, continuou, "fui convidado para jantar no [iate] Britannia porque era líder da oposição na altura".

Marcelo Rebelo de Sousa apenas foi líder do maior partido da oposição, enquanto presidente do PSD, entre 1996 e 1999, quando António Guterres liderava um Governo PS.

Em março de 1985, data da segunda visita da rainha Isabel II a Portugal, o líder do PSD era Rui Machete, também vice-primeiro-ministro do IX Governo Constitucional, chefiado pelo socialista Mário Soares. Na altura do Bloco Central, Marcelo Rebelo de Sousa era um dos dinamizadores do movimento Nova Esperança, oposição dentro do PSD.

A breve troca de palavras, registada em vídeo disponibilizado pela Presidência da República, aconteceu no início do encontro pessoal dos dois chefes de Estado dos países com a mais antiga aliança política, que remonta a 1386.

A reunião no Palácio de Buckingham ao início da tarde, foi o último compromisso da visita oficial de dois dias do Presidente a Londres, durante a qual se encontrou com potenciais investidores, com a primeira-ministra, Theresa May, e com elementos da comunidade portuguesa.

Ler mais

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".