É "indiferente" se ganha Leal Coelho ou Cristas, desde que PS perca

"O ideal mesmo era as duas ficarem em primeiro e em segundo [lugar] e nesse caso a ordem dos fatores, vou-lhe ser franco, para mim seria indiferente", disse Carreiras esta terça-feira.

Carlos Carreiras, coordenador autárquico do PSD disse em entrevista à TSF que não se importa se a candidata do partido, Teresa Leal Coelho, ficar atrás de Assunção Cristas nas autárquicas, desde que as duas vençam o PS.

Carlos Carreiras garante que "Teresa Leal Coelho certamente não é o plano Z" do PSD e que é "uma excelente candidata".

"Gostaria muito mais que a candidatura do PSD ganhasse, mas, se chegarmos ao dia das eleições e as duas candidaturas estiverem em primeiro e em segundo lugar, será um excelente resultado", continuou.

"O ideal mesmo era as duas ficarem em primeiro e em segundo [lugar] e nesse caso a ordem dos fatores, vou-lhe ser franco, para mim seria indiferente", afirma Carlos Carreiras.

O coordenador autárquico do PSD não deixa, contudo, de assinalar que foi Assunção Cristas quem inviabilizou um coligação de direita para Lisboa ao ter anunciado que seria candidata.

"Logo aí, foi a própria Assunção Cristas a definir as regras próprias internas, da sua disponibilidade de abordagem das próprias autárquicas", garantiu.

O nome de Teresa Leal Coelho para a Câmara Municipal de Lisboa foi aprovado no domingo.

Na segunda-feira, Assunção Cristas, candidata do CDS-PP a Lisboa, afirmou que o seu adversário é o atual presidente, Fernando Medina, e não Teresa Leal Coelho.

Relacionadas

Últimas notícias

Helena Freitas liderou a Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI), uma aposta pessoal do primeiro-ministro, António Costa, para coordenar o Programa Nacional de Coesão do Território (PNCT) e lançar bases sólidas para uma descentralização e reversão das desigualdades entre regiões do país. Mas a catedrática descobriu nos decisores políticos uma "inércia e incapacidade de concretizar brutais". Voltou, em junho passado, à universidade de Coimbra, onde é catedrática e assistiu nesta semana, com "perplexidade", ao caso do Infarmed.

Partilhar

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Portugal
Pub
Pub