Jerónimo avisa: PS "ou está com os trabalhadores ou está contra eles"

O secretário-geral do PCP testa "convergência" do PS com o PSD e o CDS

O secretário-geral do PCP afirmou hoje que a votação de legislação laboral na quarta-feira, no parlamento, servirá para o PS mostrar se "está com os trabalhadores ou contra eles", em convergência com o PSD e o CDS.

"Ou estão com os trabalhadores ou estão contra eles. O PS vai pôr-se do lado da parte mais débil ou vai juntar os trapinhos com o PSD e o CDS para vetar estas iniciativas legislativas?", questionou Jerónimo de Sousa, na Maia, distrito do Porto, no Comício comemorativo do 97.º aniversário do PCP, subordinado ao lema "Com os trabalhadores e o Povo - Democracia e Socialismo".

Referindo-se à votação de quatro iniciativas legislativas do PCP pelo "trabalho com direitos", agendada para quarta-feira, o secretário-geral indicou estar "na hora de o PS dar um passo adiante e atacar estes problemas de frente, pondo fim à convergência com PSD e CDS, em matéria de direitos dos trabalhadores, como o tem feito nestes últimos anos, vindo ao encontro das propostas do PCP de valorização do trabalho e dos trabalhadores".

Ler mais

Exclusivos