Marcelo vai receber a Medalha de Honra de Figueiró dos Vinhos

Para a autarquia de Figueiró dos Vinhos, esta é uma forma de "distinção e agradecimento" pelo "impacto" das ações do Presidente da República nos incêndios de 2017

O Município de Figueiró dos Vinhos vai atribuir a Medalha de Honra ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, como forma de "distinção e agradecimento" pela sua presença ativa nos incêndios de 2017.

Marcelo Rebelo de Sousa vai receber a Medalha de Honra do Município de Figueiró dos Vinhos, no distrito de Leiria, no dia 24 de junho, aquando das celebrações do Dia do Concelho e Festas de S. João, disse hoje a autarquia liderada por Jorge Abreu (PS) em comunicado enviado à agência Lusa.

Corporizou o espírito nacional de entreajuda e de reconstrução que muito têm contribuído para a recuperação das pessoas e comunidades atingidas por este drama

A atribuição desta medalha, que foi aprovada esta quarta-feira em reunião de Câmara, é uma forma "de distinção e agradecimento" ao Presidente da República "pela sua presença ativa desde os incêndios de 2017 e consequente importância e impacto das suas ações para com o concelho e Zona do Pinhal Interior", refere.

"O senhor Presidente da República, professor doutor Marcelo Rebelo de Sousa, corporizou o espírito nacional de entreajuda e de reconstrução que muito têm contribuído para a recuperação das pessoas e comunidades atingidas por este drama", refere a proposta.

Para a autarquia, a presença e a solidariedade evidenciadas na época por Marcelo Rebelo de Sousa prolongaram-se até aos dias de hoje, "demonstrando um sentido de unidade nacional para com os pequenos municípios do Interior muitas vezes esquecidos".

A atribuição desta medalha ao Presidente da República, "reconhecê-lo-á como Cidadão Honorário do Concelho de Figueiró dos Vinhos"

Segundo o Município, a Medalha de Honra do Concelho de Figueiró dos Vinhos é atribuída a cidadãos ou entidades cuja "grandeza dos seus empreendimentos tenham contribuído para o progresso, projeção e bom nome do Concelho bem como para o bem-estar das suas populações".

A atribuição desta medalha ao Presidente da República, "reconhecê-lo-á como Cidadão Honorário do Concelho de Figueiró dos Vinhos".

A par com a atribuição da Medalha de Honra, serão concedidas, igualmente, as Medalhas de Mérito e a de Bons Serviços do Concelho.

A primeira será atribuída a Serge Macudzinski, presidente do Município de Saint Maximin, com o qual Figueiró dos Vinhos está geminado desde 2008. Para a autarquia, a atribuição desta medalha é de "particular importância pela extraordinária competência e qualidades do autarca que em muito contribuiu e continua a contribuir para o acolhimento e integração dos inúmeros emigrantes portugueses, figueiroenses e não só, naquele município", assim como "pela solidariedade e apoio financeiro-social prestados durante os incêndios de 2017".

A Medalha de Bons Serviços do Concelho, por sua vez, será atribuída aos funcionários do Município Maria Isabel Mendes Simões, Maria Fátima Carvalho Simões e António Manuel da Silva Nunes.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.