Cinco pessoas ainda recuperam dos fogos de outubro nos hospitais

Quatro adultos e uma criança não correm risco de vida, mas têm lesões complicadas e que levam tempo a sarar

Cinco feridos dos incêndios de outubro de 2017 na região Centro continuam internadas no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) com queimaduras extensas de segundo e terceiro grau, disse à agência Lusa fonte hospitalar.

Segundo a fonte, trata-se de quatro adultos e uma criança que não correm risco de vida, mas que apresentam lesões "muito complicadas de tratar" e, por isso, "bastante morosas".

"Dois dos adultos e a criança ainda estão entubados e ventilados e assim vão manter-se", acrescentou.

As extensas lesões no corpo obrigam os feridos a deslocarem-se ao bloco operatório "uma a duas vezes por semana".

A fonte hospitalar adiantou que três dos feridos adultos estão internados no serviço de queimados e outro no serviço de cirurgia plástica do polo do Hospital da Universidade de Coimbra, enquanto a criança se encontra no serviço de queimados do Hospital Pediátrico.

Os incêndios de 15 e 16 de outubro de 2017 atingiram particularmente 27 concelhos da região Centro e provocaram 45 mortos e cerca de 70 feridos, destruíram total ou parcialmente cerca de 800 habitações permanentes e cerca de outras tantas casas de segunda habitação, quase 500 empresas e extensas áreas de floresta.

Ler mais

Exclusivos

João Almeida Moreira

Premium Segundos, Enéas e minutos

"O senhor vê na televisão o programa político eleitoral do presidente, tudo colorido, todos contentes, artistas milionários, se é essa a sua realidade, então vote neles, PT, PMDB, PSDB, PRTB, qualquer P, sempre estiveram juntos, é falsa a briga deles, agora se o senhor não aguenta mais ver menor abandonado na rua, as drogas, os crimes, tudo o que não presta aumentando, se você quiser expulsar para sempre esses patifes do poder, só existe uma opção, 56, o senhor nunca me viu junto com nenhum deles e comigo o senhor vai ficar livre de todos eles, o meu nome é Enéas 56."