Incêndio obriga a evacuar hotel Sheraton

Fogo começou no 21.º andar do edifício, situado no centro de Lisboa. Três pessoas assistidas por inalação de fumo

Um incêndio deflagrou hoje no 21.º piso do hotel Sheraton, no centro de Lisboa, obrigando à evacuação do edifício, um dos mais altos de Lisboa.

De acordo com informações de fonte dos Bombeiros Sapadores de Lisboa, três pessoas foram assistidas no local por inalação de fumo.

A mesma fonte precisou que uma das vítimas é do sexo masculino, de nacionalidade sueca, não sabendo adiantar mais informações acerca das outras duas, nem acerca da gravidade do estado em que se encontram.

Segundo a mesma fonte, ainda não se conhecem as origens do fogo, que começou num quarto do 21.º andar. Através das condutas, espalhou-se para o 1.º e para o 25.º andares, informou o vereador da câmara para a proteção civil, Carlos Manuel Castro, em declarações aos jornalistas no local.

O alerta foi dado às 13:10 e às 13:50 já se encontrava extinto. No entanto, as autoridades continuavam no local e o acesso ao edifício continuava vedado.

"Daqui a duas ou tres horas o hotel estará a funcionar", garante António Pereira diretor geral do Sheraton que precisou que foram "retirados por volta de mil pessoas entre clientes e funcionários".

No local estão oito viaturas e 25 homens do Regimento Sapadores Bombeiros de Lisboa.

O edifício do hotel Sheraton, em Picoas, é um dos mais altos do país, com 91 metros de altura.

Exclusivos