Homem morre afogado numa lagoa de uma pedreira

Colegas ainda tentaram manobras de reanimação.

Um homem de 24 anos morreu hoje afogado numa lagoa existente numa pedreira em Óbidos, no distrito de Leiria, quando estava a trabalhar, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

O acidente ocorreu em Casal da Avarela, no concelho de Óbidos, numa pedreira de gesso e próximo de um complexo de galerias a céu aberto, resultado do método de exploração que foi utilizado até há cerca de três décadas.

"A vítima caiu à água numa das lagoas que se formam nas galerias e cujo nível se encontra mais elevado no inverno, acabando por se afogar", disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros de Óbidos, Carlos Silva.

De acordo com a mesma fonte o homem "foi retirado da água pelos colegas, que ainda tentaram manobras de reanimação".

O alerta foi dado às 11:45 e no local estiveram cinco veículos e oito operacionais dos bombeiros de Óbidos, Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Centro Hospitalar do Oeste e da GNR.