Homem de 41 anos constituído arguido por alegados maus tratos a cães

Militares da GNR depararam-se com 21 animais subnutridos e sem condições de higiene e saúde

Um homem de 45 anos residente em Alfândega da Fé, no distrito de Bragança, foi constituído arguido por alegados maus tratos a 21 cães que lhe foram retirados e recolhidos no canil municipal, divulgou a GNR.

Os militares da GNR deslocaram-se ao local na sequência de uma denúncia e constataram que os animais se encontravam subnutridos, sem condições de higiene e saúde, segundo informação das Relações Públicas do Comando Distrital de Bragança da GNR.

"Os militares realizaram uma ação de fiscalização, constatando que o denunciado possuía 21 canídeos, sem as condições básicas de bem-estar e alojamento", indicou a fonte, em comunicado, explicando que "os animais encontravam-se já num estado bastante debilitado e subnutridos, sem água e alimentos, sendo ainda portadores de parasitas externos".

O indivíduo foi constituído arguido por maus tratos a animais de companhia e ficou sujeito à medida de coação mais leve, o Termo de Identidade e Residência, enquanto aguarda o desenrolar do processo judicial.

Os 21 cães foram recolhidos do local e entregues aos cuidados do canil municipal de Vila Flor.

A ação contou com a colaboração do Delegado de Saúde e da Médica Veterinária Municipal, segundo ainda a GNR.

Ler mais

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...