Guardas prisionais ameaçam prolongar greve

Na Carregueira, Alcoentre e outras cadeias onde o Sindicato Independente tem expressão a greve pode ir até fim de agosto

A greve convocada até dia 11 de agosto pelo Sindicato Independente do Corpo da Guarda Prisional (SICGP), e que tem estado a afetar sobretudo a cadeia da Carregueira, em Sintra, "pode prolongar-se até ao final do mês de agosto", afirmou ao DN o presidente da estrutura sindical, Júlio Rebelo. "Estamos a ponderar prolongar o período de greve devido a um tratamento desigual que a Direção Geral está a ter connosco em relação às greves anteriores marcadas pelo outro sindicato", sublinhou o dirigente sindical. Júlio Rebelo exemplifica: "em algumas cadeias dispensaram de serviço 30% do contingente de guardas". Foi o caso em Alcoentre, refere. O SICGP "vai ter reuniões nos próximos dois dias e poderá vir a prolongar o período de greve, como protesto contra este tipo de medidas". A cadeia da Carregueira é onde estão os reclusos mediáticos do processo Casa Pia e ainda Vale e Azevedo e Isaltino Morais.

Ler mais

Exclusivos