Guarda prisional entre 20 detidos em operação contra tráfico de droga

A operação policial inclui buscas no Estabelecimento Prisional de Caxias e no Hospital Prisional de São João de Deus, onde o guarda prisional detido trabalhava atualmente

Vinte pessoas, entre as quais um guarda prisional, foram detidas no âmbito de uma operação contra tráfico de droga que está a ser realizada pela GNR e PSP em Lisboa, Santarém e Setúbal, segundo fonte policial.

Fonte oficial da Guarda Nacional Republicana adiantou à agência Lusa que a operação começou às 04:00 hoje e ainda não terminou, tendo as 20 detenções decorrido no cumprimento de mandados de detenção.

Segundo a mesma fonte da GNR, foram feitas, até ao momento, 50 buscas domiciliárias, sete buscas não domiciliárias e 37 buscas a veículos, que foram apreendidos.

Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais indica que o guarda prisional foi detido por tráfico de droga e telemóveis dentro de vários estabelecimentos

A operação incluiu buscas no Estabelecimento Prisional de Caxias e no Hospital Prisional de São João de Deus, onde o guarda prisional detido trabalhava atualmente.

Num comunicado, a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais indica que o guarda prisional foi detido por tráfico de droga e telemóveis dentro de vários estabelecimentos.

Foram apreendidos oito quilogramas de haxixe, o equivalente a 16 mil doses, e mil doses de cocaína

Fonte policial disse à Lusa que foram apreendidos nove telemóveis nas celas da prisão de Caxias.

A fonte da GNR referiu à Lusa que já foram apreendidos oito quilogramas de haxixe, o equivalente a 16 mil doses, e mil doses de cocaína.

Na operação, que está a decorrer em Caxias, Sintra, Cascais, Oeiras, Seixal, Abrantes e Entroncamento, participam 410 militares da GNR e 117 elementos da PSP, num total de 527 operacionais das duas forças de segurança.

A operação está a ser acompanhada por um juiz e quatro procuradores do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Sintra.

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.