Governo descongela carreiras e paga 50% do aumento em 2018

PCP diz ter obtido acordo do governo para descongelamento das carreiras na função pública de forma mais rápida

O Governo vai descongelar as carreiras pagando os "acréscimos remuneratórios" até 50% para os trabalhadores da função pública em 2018, apurou o DN.

O PCP diz ter obtido acordo do executivo socialista para descongelamento das carreiras na função pública de forma mais rápida do que aquilo que pretendia o Governo.

Este era um dos pontos ainda por fechar à esquerda para o Orçamento do Estado para 2018. O Governo tinha admitido um pagamento faseado, apontando um terço para o próximo ano.

Agora, o acordo também prevê esse faseamento mas mais acelerado: que sejam pagos 25% a 1 de janeiro de 2018 e depois 50% a 1 de setembro do próximo ano. Para 2019 será pago o restante: 75% a 1 de maio e 100% a 1 de dezembro.

Os parceiros de esquerda da maioria parlamentar queriam que este processo fosse feito até ao final da legislatura, depois do Governo ter apontado 2021 como prazo para concluir o descongelamento das carreiras. Na quinta-feira, o BE dizia que o processo seria concluído nesta legislatura e dava as negociações como fechadas. O PCP terá insistido num calendário mais acelerado, conseguindo o acordo do Governo socialista.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Portugal
Pub
Pub