Francisco José Viegas salianta defesa da Língua Portuguesa por Elsa Rodrigues dos Santos

O secretário de Estado da Cultura sublinhou a defesa da Língua Portuguesa encetada por Elsa Rodrigues dos Santos, 73 anos, presidente da Sociedade de Língua Portuguesa, hoje falecida em Faro.

Em comunicado, Francisco José Viegas afirma que Elsa Rodrigues dos Santos era "uma pessoa apaixonada pelas literaturas africanas de língua portuguesa, que estudou com dedicação, bem como pela defesa da nossa Língua como um instrumento de cultura, de sensibilidade e de conhecimento".

O titular da pasta da Cultura salientou "a sua ligação à Sociedade de Língua Portuguesa" que qualificou de "empenhada e decisiva para a sua continuidade nos últimos anos".

"Perde-se uma voz na defesa da nossa língua, capaz de entendê-la e situá-la no seu contexto multicultural", escreve o secretário de Estado.

"Defensora da Lusofonia, Elsa Rodrigues dos Santos rejeitava preconceitos e defendia o Português como sendo, nas suas próprias palavras, um organismo vivo sujeito a evolução, a influências e à expressão estética de acordo com o seu tempo, obedecendo à mesma lei da vida", declara o secretário de Estado.

Para Francisco José Viegas "o seu desaparecimento é uma perda para Portugal mas, igualmente, para todos aqueles e aquelas que em todo o mundo encaram a língua portuguesa como fator de união, de entendimento e de coesão no universo lusófono".

A presidente da Sociedade de Língua Portuguesa morreu hoje no Hospital de Faro.

Exclusivos