Francisco Assis vai ao congresso do PS

O eurodeputado socialista, destacado crítico das alianças de esquerda do PS, tenciona marcar presença, e discursar, na reunião máxima convocada para 3, 4 e 5 de junho

Francisco Assis só não discursará se a sua intervenção for remetida para uma hora que considere inconveniente. O congresso do PS terá lugar na FIL do Parque das Nações.

No final de 2014, no conclave que consagrou a liderança de Costa, Assis deixou os trabalhos antes que terminassem por ter percebido que o seu discurso fora escalonado para demasiado tarde.

Também assumiu a rutura com o "desvio de esquerda" que no seu entender António Costa estava a imprimir ao partido. Por isto mesmo, pronunciou-se depois contra os acordos que António Costa assinou com o BE, PCP e PEV e que permitem ao PS ter um Governo com apoio maioritário no Parlamento.

Esses acordos provocaram também uma outra rutura, a do deputado Sérgio Sousa Pinto, que deixou a direção nacional do PS - e cuja intervenção no próximo congresso também é aguardada com expectativa.

Exclusivos