Forcados reinaram na primeira corrida do Campo Pequeno

O crítico taurino Miguel Ortega Cláudio faz a crónica da corrida de abertura da temporada de 2018 do Campo Pequeno, ontem à noite

A história da primeira noturna do Campo Pequeno 2018 conta-se em poucas linhas...

A corrida do Dr. António Silva saiu grande, basta de tipo, com média de peso superior a 600 Kg, mas apenas o segundo da noite foi bravo de verdade. Foi um toiro equilibrado no seu tipo com trapio, humilhava tanto nos capotes como no momento do ferro.

O primeiro foi fácil, andando a trote sem humilhar; o terceiro apesar de ter tido querenças, teve mobilidade, não foi um mau toiro; o quatro mostrou-se reservado mas encastado; o quinto saiu mansote e o sexto teve mau estilo.

Rui Fernandes teve a atuação mais convincente com o quarto da noite, mostrou disposição diante do encastado Silva, sobressaindo um segundo ferro curto de boa nota. Com o primeiro nem toiro nem cavaleiro se entenderam...

De João Moura jr. recordo dois grandes ferros no seu primeiro toiro. Um num cite de praça a praça e um enorme ferro de palmo a rematar a atuação. No seu segundo, um outro curto de boa nota, mas sem aquecer o conclave, verdadeiramente.

João Ribeiro Telles com o terceiro toiro da ordem esteve em plano de querer mas nem sempre as coisas aconteceram com o cavaleiro da Torrinha queria.

Com o manso sexto andou valente, mas sem toiro...

Foi uma noite grandiosa para os Forcados. Pelos Amadores de Santarém pegaram Francisco Graciosa à terceira tentativa, Lourenço Ribeiro numa grande pega, premiada com duas voltas e António Taurino tecnicamente perfeito, ambos à primeira. Pelos Amadores de Montemor-o-Novo foram solistas António Vacas de Carvalho à primeira, numa boa pega, João da Câmara à segunda (dobrando Francisco Borges que foi assistido na enfermaria), e Francisco Bissaia Barreto também à primeira, com uma grande primeira ajuda.

Pedro Reinhardt dirigiu com a seriedade característica o espetáculo que contou com mais de 80% das bancadas preenchidas.

Síntese da Corrida:

Ganadaria: Dr. António Silva, bem apresentados, deram um jogo díspar.

Cavaleiros: Rui Fernandes: volta; João Moura Jr: volta e volta; João Telles Jr: volta e volta.

Forcados: Amadores de Santarém: volta, duas voltas e volta. Amadores de Montemor: volta, volta e volta.

*As voltas à arena no final das lides são concedidas pelo diretor de corrida como prémio à qualidade artística da atuação dos intervenientes.

Ler mais

Premium

DN Life

DN Life. «Não se trata o cancro ou as bactérias só com a mente. Eles estão a borrifar-se para o placebo»

O efeito placebo continua a gerar discussão entre a comunidade científica e médica. Um novo estudo sugere que há traços de personalidade mais suscetíveis de reagir com sucesso ao referido efeito. O reumatologista José António Pereira da Silva discorda da necessidade de definir personalidades favoráveis ao placebo e vai mais longe ao afirmar que "não há qualquer hipótese ética de usar o efeito placebo abertamente".