Estação dos CTT no centro de Coimbra vai fechar

Espaço na Praça da República será encerrado em breve

A estação dos CTT na Praça da República, em Coimbra, vai ser encerrada nas "próximas semanas", anunciou hoje a União das Freguesias de Coimbra (UFC).

Em comunicado, o presidente da Junta de Freguesia, João Francisco Campos, revelou que o encerramento da loja, numa das zonas mais movimentadas do centro da cidade, será precedido da abertura de um posto dos Correios numa papelaria da zona.

"Fomos informados, via e-mail, que esse posto começará a laborar a partir da próxima segunda-feira, dia 05 de fevereiro, entre as 09:00 e as 19:00, simultaneamente com a estação da Praça da República até ao encerramento desta, que se prevê para as próximas semanas", afirma.

A UFC abrange o território das antigas freguesias da Sé Nova, Santa Cruz, Almedina e São Bartolomeu, entre a Baixa e Alta de Coimbra.

"Desde o final do ano passado" que a autarquia "tem conhecimento do possível encerramento da estação dos Correios da Praça da República", segundo a nota.

O encerramento foi confirmado, telefonicamente a João Francisco Campos, "por um representante dos Correios de Portugal, no final da segunda semana de janeiro, tendo sido comunicada pelo executivo aos elementos da Assembleia de Freguesia", na sua última reunião, no dia 17.

"Lamentamos o fecho de mais uma estação dos Correios. Sejam quais forem os motivos, quem perde são as populações e os utentes", adianta o autarca, esperando "que a solução agora encontrada consiga dar resposta ao trabalho que antes era executado por vários funcionários altamente qualificados".

Para o presidente da Junta, "não basta encontrar um parceiro, é necessário dotar o mesmo dos meios financeiros para efetuar um trabalho que é público e deveria ser universal".

Entretanto, também hoje a administração dos CTT anunciou o encerramento da estação de correios do Amial, no Porto, que irá ser substituída por uma loja a instalar junto ao hospital São João.

Nenhuma destas duas estações consta da lista de 22 lojas dos CTT com previsão de fechar divulgada a 02 de janeiro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.