Espetada de carne de vaca em espeto de pau de louro

Trata-se de uma importante e característica especialidade gastronómica do Concelho de Câmara de Lobos, mais propriamente da vila do Estreito de Câmara de Lobos.

Apesar de ser um prato tipicamente madeirense, muito utilizado e apreciado desde tempos remotos em arraiais ou romarias, foi no Estreito de Câmara de Lobos, no fim da década de 1940, que Francisco da Silva de Freitaso introduziu pela primeira vez na restauração.

Como se faz

Cortar em pequenos pedaços a carne do lombo da vaca, juntar alho, sal e pimenta da terra e misturar bem.

Enfiar a carne num pau de louro verde ou tenro e colocá-lo no braseiro.

Geralmente, este prato é acompanhado pelo tradicional Bolo do Caco (também no 70 pré-finalistas) ou pão caseiro, milho frito, semilha (batata) frita e saladas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

Globalização e ética global

1. Muitas das graves convulsões sociais em curso têm na sua base a globalização, que arrasta consigo inevitavelmente questões gigantescas e desperta paixões que nem sempre permitem um debate sereno e racional. Hans Küng, o famoso teólogo dito heterodoxo, mas que Francisco recuperou, deu um contributo para esse debate, que assenta em quatro teses. Segundo ele, a globalização é inevitável, ambivalente (com ganhadores e perdedores), e não calculável (pode levar ao milagre económico ou ao descalabro), mas também - e isto é o mais importante - dirigível. Isto significa que a globalização económica exige uma globalização no domínio ético. Impõe-se um consenso ético mínimo quanto a valores, atitudes e critérios, um ethos mundial para uma sociedade e uma economia mundiais. É o próprio mercado global que exige um ethos global, também para salvaguardar as diferentes tradições culturais da lógica global e avassaladora de uma espécie de "metafísica do mercado" e de uma sociedade de mercado total.