Encenação de motim com crianças gera revolta em Portalegre

A encenação de um motim que opôs dois grupos de crianças está a dar acesa polémica em Portalegre. Veja as imagens.

A Câmara de Portalegre e a PSP elaboraram um programa para comemorar o Dia Mundial da Criança onde incluíram um confronto: de um lado crianças do pré-escolar com escudos protetores, dando corpo à polícia de choque, do outro lado colegas manifestantes, que atiravam bolas de papel, simulando pedras, até à carga policial.

A autarquia partilhou estas e outras fotografias da comemoração do Dia Mundial da Criança na sua página do Facebook - num álbum com mais de cem imagens - e desencadeou uma onda de revolta que não para de aumentar nas redes sociais.

"Miserável", "sem qualificação", "vergonhoso" ou "ridículo" são alguns do adjetivos que se podem ler na página do município, onde já há centenas de comentários a reprovarem a iniciativa realizada no Jardim da Avenida da Liberdade. A câmara apagou algumas fotos, nomeadamente aquela em que se veem os mais pequeno a atirar papeis aos colegas, mas as críticas continuam e há quem tenha voltado a partilhar as imagens na página do município.

A página da PSP também não escapa às críticas, sendo que a ideia da simulação do motim passava por tentar demonstrar às crianças algumas técnicas e meios utilizados no combate à criminalidade, que poderiam ser experimentados pelos menores, segundo anunciava o programa revelado pela autarquia.

Ler mais

Exclusivos