Dois reclusos apanhados a tentar fugir da cadeia em contentores do lixo

Homens de 30 e 32 anos foram apanhados pelos guardas da cadeia na noite de terça-feira

Dois reclusos do estabelecimento prisional de Paços de Ferreira foram apanhados pelos guardas na noite de terça-feira a tentar fugir dentro de contentores do lixo.

A notícia foi avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Notícias e confirmada pelo DN junto de fonte prisional, que acrescenta que foi um guarda de serviço à cozinha que se apercebeu de que algo mexia nos contentores do lixo, travando a fuga dos detidos. O plano dos reclusos seria esperar pela carrinha que recolhe os contentores para saírem da cadeia como se fossem carga.

Ambos os reclusos estão a cumprir pena por crimes de furto e já estiveram envolvidos noutros acidentes naquele estabelecimento prisional.

Ao que o DN apurou, os dois homens terão planeado a fuga por estarem a ser pressionados no interior da cadeia para pagarem dívidas de droga a outros reclusos. O estabelecimento prisional de Paços de Ferreira é uma das cadeias com um perfil mais duro do país, onde estão criminosos condenados por delitos graves, nomeadamente homicídios, assaltos à mão armada ou agressões.

O JN fonte avança que os reclusos têm 30 e 32 anos e foram já sujeitos a um processo disciplinar.

Esta não foi a primeira vez que reclusos tentaram fugir da cadeia com este método. Há alguns anos, um detido no Estabelecimento Prisional de Lisboa conseguiu escapar escondido num camião do lixo, mas acabou recapturado mais tarde.

[Notícia atualizada às 15:15 com informações de fonte prisional]

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.