Detido casal suspeito de 28 crimes de burla qualificada

Duo publicitava o arrendamento de imóveis e pedia transferências de dinheiro por contrato que não concretizavam

Um casal residente na Batalha, distrito de Leiria, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) suspeito da prática, em coautoria, de 28 crimes de burla qualificada, anunciou esta segunda-feira a Procuradoria da Comarca de Leiria.

Numa nota publicada na sua página na Internet, a Procuradoria informa que no desenrolar de uma investigação coordenada pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria (DIAP), a PJ deteve na quinta-feira duas pessoas residentes na Batalha "que mantinham uma relação amorosa entre si", por "se considerar fortemente indiciada a prática, em coautoria material e em concurso efetivo, de pelo menos 28 crimes de burla qualificada, fazendo desta atividade ilícita modo de vida".

"Dos autos resulta que, entre dezembro de 2012 e dezembro de 2017, os dois arguidos, em harmonia com o plano por si delineado, publicitaram o arrendamento de imóveis, através da Internet, apresentando fotografias dos mesmos e fornecendo por correio eletrónico as informações que lhes eram solicitadas pelos interessados, assim dando credibilidade à sua atuação e criando a convicção naqueles que seriam concretizados os mencionados arrendamentos", adianta a Procuradoria.

Segundo o Ministério Público, "posteriormente os arguidos exigiam a transferência para uma das contas bancárias por si tituladas, de um valor que oscilava entre os 25,00 euros e os 640,00 euros, alegando que tal era prévio à efetivação do arrendamento do imóvel, sendo que os mesmos nunca foram concretizados".

O arguido aguarda julgamento em prisão preventiva e a arguida está obrigada a apresentações trissemanais no posto policial da sua área de residência.

A investigação prossegue sob direção do DIAP de Leiria, com a coadjuvação do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ.

Ler mais

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".