Derrame de produto tóxico leva trabalhadores ao hospital

Um grupo de 14 pessoas que trabalhava numa empresa de produtos médico-hospitalares em Samora Correia (Benavente), inalou na manhã desta quinta-feira um produto tóxico, tendo sete recebido tratamento hospitalar em Vila Franca de Xira, informou o CDOS de Santarém.

Os restantes sete trabalhadores da fábrica PEH foram assistidos no local, segundo disse à agência Lusa Joaquim Chambel, comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

Segundo a mesma fonte, deste caso não resultou nenhuma situação grave de saúde.

Após o incidente que ocorreu cerca das 09.30 - um frasco de 250 ml de um produto altamente tóxico e inflamável que se partiu -, os trabalhadores da fábrica foram todos retirados do interior das instalações.

Ao meio-dia, segundo o CDOS, a fábrica já se encontrava a laborar normalmente.

No local estiveram nove ambulâncias, um helicóptero, duas Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER) e 28 bombeiros.

Exclusivos