Deputados aplaudem de pé novo secretário-geral das Nações Unidas

Parlamento saudou anúncio da escolha de António Guterres. No final do dia parlamentar será votada congratulação pela nomeação para a ONU

Às 15.50, o presidente em exercício da Assembleia da República, Jorge Lacão, deu a notícia à câmara: António Guterres foi confirmado como secretário-geral das Nações Unidas. Perante a notícia, os deputados de todas as bancadas parlamentares ergueram-se e aplaudiram de pé a notícia que chegou de Nova Iorque.

Jorge Lacão antecipou que, no final da agenda dos trabalhos parlamentares desta quinta-feira, a Assembleia da República votará um voto de congratulação da nomeação de António Guterres para liderar a ONU.

Ler mais

Exclusivos

Ricardo Paes Mamede

DN+ Queremos mesmo pagar às pessoas para se reproduzirem?

De acordo com os dados do Banco Mundial, Portugal apresentava em 2016 a sexta taxa de fertilidade mais baixa do mundo. As previsões do INE apontam para que a população do país se reduza em mais de 2,5 milhões de habitantes até 2080, caso as tendências recentes se mantenham. Segundo os dados da OCDE, entre os países com economias mais avançadas Portugal é dos que gastam menos com políticas de apoio à família. Face a estes dados, a conclusão parece óbvia: é preciso que o Estado dê mais incentivos financeiros aos portugueses em idade reprodutiva para que tenham mais filhos.