Demolição completa sem fim à vista

A Câmara do Porto revelou esta quinta-feira à Lusa que o bairro do Aleixo não vai ser todo demolido até ao fim do mandato de Rui Rio, ao contrário do que o autarca tinha previsto há um ano.

"Não será possível demolir o bairro todo até final do mandato porque tivemos de recalendarizar o plano de intervenção em resultado de alteração da composição do fundo de investimento", adiantou à Lusa o gabinete de comunicação da autarquia.

Em 2013, a Câmara prevê "demolir uma ou duas" das quatro torres que o bairro tem atualmente, admite a mesma fonte, numa resposta escrita enviada à Lusa.

A implosão do primeiro bloco do bairro social que a maioria PSD/CDS da Câmara do Porto quer demolir foi feita a 16 de dezembro de 2011.

Nesse dia, o presidente da autarquia, Rui Rio, disse esperar que a demolição de todo o bairro estivesse concluída até ao final do seu mandato.

"O projeto completamente concluído nem sequer será no meu tempo. No meu tempo pode ser, e espero que seja, a demolição integral do bairro e o realojamento das pessoas. Isso é que vou procurar conseguir", disse o autarca aos jornalistas, momentos depois da demolição da torre 5.

Rui Rio admitiu que a atual crise económica poderá ser "um obstáculo" ao desenvolvimento do projeto, porque "quando tudo isto foi desenhado não havia a crise que há neste momento", mas vincou ser "um obstáculo a ultrapassar".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...