Das universidades para os quartéis de bombeiros

Há um novo perfil de bombeiros profissionais. E não se reflete apenas na componente física. Há mais de 2000 com formação académica. Tiago Silva e Daniel André deixaram as universidades para fazer dos bombeiros a sua profissão.

O dia no quartel dos bombeiros sapadores de Setúbal começa com duas horas obrigatórias a fazer ginásio e atividades no exterior. À tarde, há mais. Treino cardiovascular, com corrida, abdominais e outros exercícios para combater a barriga. Está provado que o plano é eficaz. O calendário protagonizado pela companhia, que deixou Setúbal na boca dos portugueses e que quebrou tabus, é a prova.

Hoje assina-se o Dia Nacional do Bombeiro Profissional. A data foi escolhida em homenagem aos homens da paz que morreram nos atentados às Torres Gémeas nos Estados Unidos e a todos os outros, de todos os países, que perderam a vida em trabalho.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Ler mais

Exclusivos