Criança de 13 anos era forçada a ter sexo com mãe e padrasto

PJ deteve casal em Paços de Ferreira após a menina ter denunciado os abusos

A Polícia Judiciária deteve um casal em Paços de Ferreira após a filha ter denunciado a mãe e o padrasto.

Era a própria mãe que obrigava a criança, hoje com 14 anos, a ter relações sexuais com ela e com o padrasto. Noutras ocasiões o casal obrigava a criança a assistir aos seus jogos sexuais. A rapariga não aguentou os abusos, que se prolongaram por vários meses e acabou por desabafar com o irmão mais velho. Logo o caso chegou às autoridades e a Polícia Judiciária do Porto deteve o casal por abuso sexual de menor dependente.

Os abusos tiveram início quando a menor tinha 13 anos. A mãe de 39 anos, ajudante de cozinha, e o padrasto, um homem de 45 anos, distribuidor, forçavam a menor a participar em atos sexuais. Foram reiterados e ao longo de meses, com atos sexuais consumados, apurou o DN junto de fonte ligada à investigação. A menina, estudante, vivia com o casal mas tem um irmão mais velho a quem acabou por contar a situação. Logo o caso foi participado à GNR e a PJ foi chamada a investigar.

"A Polícia Judiciária tomou conhecimento de que os suspeitos, desde há vários meses, a obrigavam à prática de atos sexuais, bem como a assistir a práticas sexuais entre aqueles", refere um comunicado emitdo hoje pela PJ do Porto., que acrescenta que "tais abusos aconteciam na residência familiar, em Paços de Ferreira, tendo-se iniciado quando a menor tinha 13 anos".

Os dois suspeitos foram detidos e devem ser hoje presentes a um juiz para serem ouvidos e serem fixadas as medidas de coação.

.

Brand Story

Mais popular

  • no dn.pt
  • Portugal
Pub
Pub