Costa e Marcelo aderem à moda da Guayabera

O que é que esta camisa tem? É branca, tem bolsos à frente e foi vestida por todos, ou quase todos, os chefes de Estado na Cimeira Ibero-Americana

O desafio foi lançado pela organização da XXV Cimeira Ibero-Americana. Todos os chefes de Estado e de Governo eram convidados a comparecer no Centro de Convenções de Cartagena das Índias, na Colômbia, vestidos de igual. Com uma guayabera, uma camisa típica da América Latina, muito popular em países como a Colômbia, México, Equador, Venezuela e toda a América Central.

Na conferência empresarial que antecedeu a Cimeira, Marcelo destoou claramente. Os presidentes da Colômbia, do Chile, do México e até o Rei de Espanha, todos apareceram com a famosa guayabera ou, pelo menos, com uma camisa branca equivalente. Só o presidente do Peru foi de blazer e Marcelo Rebelo de Sousa de fato e gravata.

António Costa à chegada à Cimeira Ibero-Americana

Para o primeiro dia de Cimeira, este sábado, o desafio era ter todos vestidos de igual e, desta vez, o Presidente da República vestiu a camisa. Marcelo e António Costa que se juntou à comitiva portuguesa esta sexta-feira à noite.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.