CGTP perdeu 10% dos filiados desde 2012

Central sindical explica perda com elevados níveis desemprego e emigração nos últimos quatro anos.

A CGTP perdeu quase 64 mil filiados nos últimos quatro anos, um décimo dos 614 mil que tinha em 2012.

A informação consta das atas do 13º Congresso da principal central sindical portuguesa, realizado no final de fevereiro, e foi divulgada esta quarta-feira.

Graciete Cruz, da comissão executiva da CGTP citada pelo jornal Público, justificou essa perda de trabalhadores sindicalizados com o elevado desemprego e a grande taxa de emigração registada em Portugal nos últimos anos.

A CGTP tem agora 550.500 filiados, o número mais reduzido das últimas décadas e que traduz uma contínua redução de sindicalizados numa central que tinha mais de 763 mil filiados em 1999.

A adesão de 104 mil novos sindicalizados, anunciada no congresso, ficou assim aquém do número de saídas entretanto verificadas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

educação

O que há de fascinante na Matemática que os fez segui-la

Para Henrique e Rafael, os números chegaram antes das letras e, por isso, decidiram que era Matemática que seguiriam na universidade, como alunos do Instituto Superior Técnico de Lisboa. No dia em que milhares de alunos realizam o exame de Matemática A, estes jovens mostram como uma área com tão fracos resultados escolares pode, afinal, ser entusiasmante.