Carro incendiado corta três faixas junto a Algés

Viatura começou a arder no viaduto por volta das 19.30. Trânsito está muito condicionado e PSP aconselha a evitar a zona na próxima hora

Um carro começou a arder à saída do viaduto que liga a Avenida da Índia à Avenida de Brasília, junto a Algés, e está ainda a condicionar o trânsito neste início de noite de quarta-feira. O alerta chegou à PSP às 19.36. Segundo informações do oficial de serviço, o carro terá começado a arder sem causa aparente.

"Foram cortadas três das quatro faixas de rodagem e os agentes estão neste momento no local a tentar escoar o trânsito", explicou a mesma fonte, por volta das 20.45, ao DN. Recomendando que se evite a zona na próxima hora, ou seja, até perto das 22.00.

Falta chegar o reboque para retirar o carro que ardeu e depois fazer-se uma limpeza rápida da estrada. O incidente danificou apenas o carro que este na origem do incêndio.

Notícia atualizada às 20.50

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

O Banco de Portugal está preso a uma história que tem de reconhecer para mudar

Tem custado ao Banco de Portugal adaptar-se ao quadro institucional decorrente da criação do euro. A melhor prova disso é a fraca capacidade de intervir no ordenamento do sistema bancário nacional. As necessárias decisões acontecem quase sempre tarde, de forma pouco consistente e com escasso escrutínio público. Como se pode alterar esta situação, dentro dos limites impostos pelas regras da zona euro, em que os bancos centrais nacionais respondem sobretudo ao BCE? A resposta é difícil, mas ajuda compreender e reconhecer melhor o problema.