Câmara de Lisboa avança com a divisão dos serviços do lixo

Reorganização será debatida na próxima reunião e prevê a separação em dois departamentos: ambiental e higiene urbana.

A direção municipal da Câmara Municipal de Lisboa (CML) hoje responsável, entre outras tarefas, pela recolha do lixo pode vir a ser dividida em duas, uma das quais dedicada à higiene urbana e desde logo destinada a "transitar integralmente para os futuros serviços municipalizados" - uma entidade cuja criação foi já anunciada pelo executivo de maioria socialista como forma de melhorar a limpeza da cidade, mas sobre a qual não foram, até agora, divulgados detalhes.

A medida consta da proposta - a que o DN teve acesso - de reorganização dos serviços municipais que deverá ser debatida na próxima semana e que visa "adaptar a estrutura" às "profundas alterações" resultantes da reforma administrativa de Lisboa promulgada em 2012. O processo implicou, além do redesenho do mapa de freguesias, a descentralização de meios e competências para as 24 juntas da cidade.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Ler mais

Exclusivos