Caixa Multibanco assaltada por explosão em Vila do Conde

A caixa Multibanco encontrava-se no edifício da União de freguesias e dos Correios de Portugal de Vilar e Mosteiró

Uma caixa Multibanco foi assaltada hoje de madrugada por explosão no edifício da União de freguesias de Vilar e Mosteiró, Vila do Conde, estando o caso a ser investigado pela Polícia Judiciária, anunciou fonte da GNR.

Segundo fonte das Relações Públicas do Comando Territorial do Porto da GNR, o alerta do "furto de uma máquina ATM por explosão foi dado às 04:28".

A caixa Multibanco encontrava-se no edifício da união de freguesias e dos Correios de Portugal, em Vila do Conde, distrito do Porto, disse.

Face ao modo de operação do assalto, o caso foi encaminhado para a Polícia Judiciária, tendo a GNR tratado de "reservar o local para eventual recolha de indícios".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".