Belém tem um novo inquilino: Asa, o primeiro cão presidencial

Tem três meses e chama-se Asa

Parece que tudo nasceu com os elogios do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ao desfile das equipas cinotécnicas da Força Aérea na parada militar de Mafra, na segunda-feira. Alguém se lembrou de oferecer um cão militar ao Presidente: tem três meses e chama-se Asa.

Havia um cachorro pastor-alemão disponível em Ovar e anteontem os militares daquele ramo foram a Belém com o secretário de Estado da Defesa, Marcos Perestrello fazer a oferta.

Segundo a Renascença, o Presidente teria manifestado vontade de ter "uma companhia canina". Agora, a guarnição da GNR no Palácio de Belém prepara-se para treinar o primeiro cão, que tem três meses e se chama Asa (ou não tivesse nascido na Força Aérea).

Portugal não tem a tradição, ao contrário dos EUA, por exemplo, de existir animal de estimação na residência oficial do Presidente. Barack Obama tem Bo e Sunny, dois cães-de-água portugueses.

Exclusivos