Assuntos Europeus: sai Margarida Marques, entra Ana Paula Zacarias

No âmbito da remodelação governamental a anunciar hoje pelo primeiro-ministro António Costa, Margarida Marques deverá ceder o lugar na secretaria de Estado dos Assuntos Europeus a Ana Paula Zacarias, até agora embaixadora da União Europeia na Colômbia.

Margarida Marques deverá ser substituída por Ana Paula Zacarias nos Assuntos Europeus no âmbito da remodelação a anunciar esta tarde pelo primeiro-ministro, António Costa, segundo apurou o DN.

Esta secretaria de Estado está na dependência do Ministério dos Negócios Estrangeiros, pasta atualmente liderada pelo ministro Augusto Santos Silva.

Margarida Marques, de 63 anos, é secretária de Estado dos Assuntos Europeus desde 2015 e tem um vasta carreira dedicada à União Europeia, tendo ocupado, entre 2005 a 2011, o cargo de chefe da delegação da Comissão Europeia em Portugal.

Ana Paula Zacarias, de 58 anos, é diplomata de carreira e ocupava, até agora, o lugar de embaixadora da União Europeia na Colômbia, depois de ter desempenhado mesmo cargo no Brasil, até 2015. Integra desde 2011 o Serviço Europeu para a Ação Externa, que foi criado pelo Tratado de Lisboa e é, atualmente, liderado pela chefe da diplomacia europeia Federica Mogherini.

Entre os desafios imediatos que se colocam à secretaria de Estado dos Assuntos Europeus estão as negociações do brexit, ou seja, saída do Reino Unido da União Europeia. Um dos pontos mais difíceis da negociação é a garantia de direitos dos cidadãos comunitários que vivam no Reino Unido.

O primeiro-ministro apresenta hoje ao Presidente da República os nomes dos novos secretários de Estado do Governo, incluindo a autonomização da área da habitação com a criação de uma nova Secretaria de Estado.

No domingo, os secretários de Estado da Internacionalização, Jorge Costa Oliveira, dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade e da Indústria, João Vasconcelos, apresentaram ao primeiro-ministro o pedido de exoneração das suas funções.

Os governantes demissionários foram entretanto constituídos arguidos no âmbito das viagens pagas pela Galp para assistirem a jogos de futebol do Euro2016.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.

Premium

Opinião

Angola, o renascimento de uma nação

A guerra do Kosovo foi das raras seguras para os jornalistas. Os do poder, os kosovares sérvios, não queriam acirrar ainda mais a má vontade insana que a outra Europa e a América tinham contra eles, e os rebeldes, os kosovares muçulmanos, viam nas notícias internacionais o seu abono de família. Um dia, 1998, 1999, não sei ao certo, eu e o fotógrafo Luís Vasconcelos íamos de carro por um vale ladeado, à direita, por colinas - de Mitrovica para Pec, perto da fronteira com o Montenegro. E foi então que vi a esteira de sucessivos fumos, adiantados a nós, numa estrada paralela que parecia haver nas colinas.