ASAE apreende 15 toneladas de alimentos em entreposto ilegal

Valor dos produtos apreendidos chega quase aos 60 mil euros

Mais de 15 toneladas de alimentos foram apreendidas pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) num entreposto ilegal que armazenava produtos no concelho de Leiria.

Em comunicado hoje divulgado, a ASAE refere que a ação de fiscalização foi realizada durante a última semana e que a atividade do entreposto foi suspensa e instaurado um processo de contraordenação.

Ascende a 56 mil euros o valor dos produtos apreendidos, incluindo queijos, carnes de bovino, suíno e frango, produtos de pesca e pratos pré-cozinhados, como rissóis e pastéis de bacalhau.

Este entreposto, que ficou com atividade suspensa, armazenava produtos a temperatura controlada, mas sem que tivessem sido feitas as respetivas vistorias e sem a autorização necessária das autoridades.

Ler mais

Exclusivos

Ricardo Paes Mamede

DN+ Queremos mesmo pagar às pessoas para se reproduzirem?

De acordo com os dados do Banco Mundial, Portugal apresentava em 2016 a sexta taxa de fertilidade mais baixa do mundo. As previsões do INE apontam para que a população do país se reduza em mais de 2,5 milhões de habitantes até 2080, caso as tendências recentes se mantenham. Segundo os dados da OCDE, entre os países com economias mais avançadas Portugal é dos que gastam menos com políticas de apoio à família. Face a estes dados, a conclusão parece óbvia: é preciso que o Estado dê mais incentivos financeiros aos portugueses em idade reprodutiva para que tenham mais filhos.