Turistas que caíram da muralha eram australianos e estariam a tirar selfie

A mulher, de 30 anos, e o homem, de 40, caíram de uma altura de 30 metros da muralha da Praia dos Pescadores para o areal

Paula Freitas Ferreira
© Jornal O Ericeira/Facebook

As duas pessoas que morreram hoje na praia dos Pescadores da Ericeira, Mafra, eram australianas e estariam a tirar fotografias quando caíram da muralha para o areal da praia, disse o capitão do Porto de Cascais.

"Como encontrámos um telemóvel na muralha, ao que tudo indica [as vítimas] poderiam estar a tirar uma 'selfie', quando deixaram o telemóvel cair, debruçaram-se para o agarrar e caíram", disse à agência Lusa o comandante da Capitania de Cascais, Rui Pereira da Terra.

As vítimas são turistas australianos que estariam a passar férias na Ericeira, distrito de Lisboa.

Os corpos foram recolhidos e transportados para o Instituto de Medicina Legal de Torres Vedras, enquanto decorrem diligências junto da Embaixada da Austrália em Lisboa.

A mulher, de 30 anos, e o homem, de 40, caíram de uma altura de 30 metros da muralha da Praia dos Pescadores para o areal.

A mesma fonte adiantou que a Polícia Judiciária foi chamada ao local, mas, depois de várias averiguações, foi afastada a hipótese de crime.

O acidente, referiu, terá ocorrido entre as 1:00 e as 6:00, hora em que foi dado o alerta para as autoridades por um funcionário da Junta de Freguesia que faz a limpeza do areal.

No local, estiveram 10 elementos apoiados por seis viaturas do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), bombeiros e Polícia Marítima, de acordo com a página da Autoridade Nacional da Proteção Civil.