Vale e Azevedo expulso da Ordem dos Advogados

Em causa está a condenação por desvio de fundos por parte do antigo presidente do Benfica.

Filipa Ambrósio de Sousa

Vale e Azevedo foi hoje expulso da Ordem dos Advogados, segundo anunciou o Conselho de Deontologia de Lisboa Ordem. "Concluiu-se que o arguido não possui idoneidade moral para o exercício da profissão, pelo que em consequência determinou-se o cancelamento da inscrição como advogado", lê-se no documento, constante do site da instituição. O ex-presidente do Benfica está neste momento a cumprir pena na prisão da Carregueira por desvio de fundos de mais de quatro milhões de euros ao Sport Lisboa e Benfica.