Cabrita lamenta saída do comandante da Proteção Civil

Ministro destacou ainda as "notáveis capacidades" do coronel Duarte Costa, que substitui

Paula Freitas Ferreira
© JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, lamentou hoje no parlamento que o comandante nacional operacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) tenha pedido a exoneração e destacou as "notáveis capacidades" do seu substituto.

"Lamentamos que o comando nacional operacional da ANPC tenha entendido por razões de ordem pessoal pedir a sua exoneração", disse Eduardo Cabrita aos deputados da comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

O ministro destacou a experiência e "as notáveis capacidades e do currículo" que qualifica o novo comando nacional operacional da ANPC, coronel José Manuel Duarte Costa.

"Pela experiência que já tinha de relacionamento entre Forças Armadas e a estrutura da ANPC que o qualifica para prosseguir este esforço notável que vinha sendo desenvolvido", disse.

O coronel José Manuel Duarte da Costa foi designado na segunda-feira pelo secretário de Estado da Proteção Civil para exercer as funções de comandante operacional da ANPC, substituindo o coronel António Paixão, que estava no cargo há cinco meses.