Eurogrupo só discutirá situação orçamental portuguesa em maio ou junho

Portugal deverá estar na agenda das reuniões de 17 de maio ou de 16 de junho

Lusa
Presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem © EPA/PATRICK SEEGER

A situação orçamental de Portugal só será discutida nas reuniões de ministros das Finanças da zona euro em "maio/junho", na sequência da publicação de indicadores e programas nacionais, segundo um alto responsável do Eurogrupo.

Aos jornalistas, a mesma fonte notou que na quinta-feira, o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia (Eurostat) publicará os dados orçamentais finais e validados para 2015 e que até ao final de abril devem ainda chegar a Bruxelas os programas de estabilidade e os programas nacionais de reformas.

Assim, as questões acerca de Portugal "serão tratadas mais tarde" e não na reunião informal de ministros, que decorrerá entre sexta-feira e sábado, em Amesterdão, acrescentou a mesma fonte.

Portugal deverá assim estar na agenda das reuniões de 17 de maio ou de 16 de junho.

Questionado sobre se a banca nacional será analisada neste encontro de abril, o mesmo responsável referiu que a situação está, numa fase, que deve ser tratada pela supervisão e autoridades portuguesas.