Embarcação turística naufraga na Parede. Dez pessoas feridas

Vítimas apresentam "escoriações e sinais de hipotermia"

Paula Freitas Ferreira
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
 | foto Álvaro Isidoro / Global Imagens
 | foto Álvaro Isidoro / Global Imagens
 | foto Álvaro Isidoro / Global Imagens

Dez pessoas ficaram hoje feridas num acidente com uma embarcação semirrígida de turismo na Parede, Cascais, depois de esta ter chocado com uma zona de pedras, disse à Lusa o porta-voz da Autoridade Marítima Nacional.

De acordo com o Comandante Pereira da Fonseca, do acidente que ocorreu em frente ao Hospital Sant'Ana resultaram 10 feridos, que apresentam "escoriações e sinais de hipotermia" e que estão a ser assistidos no local.

Os 10 feridos são todos os ocupantes que a embarcação transportava no momento do acidente, não sendo ainda possível apurar a nacionalidade dos envolvidos

Segundo as informações da Autoridade Marítima Nacional, cerca das 14:00 todos os ocupantes da embarcação já tinham sido resgatados e estavam "em terra a ser socorridos", mas não é possível explicar, ainda, o que terá causado o acidente.

Para o local foram enviadas uma equipa da Polícia Marítima de Cascais, com um semirrígido, uma mota de água da Estação Salva-Vidas de Cascais, duas viaturas dos Bombeiros Voluntários da Parede, duas ambulâncias do Instituto Nacional de Emergência Médica, e meios da PSP e da Polícia Municipal.