Cristas reeleita líder do CDS por quase 90%

Luís Queiró, reeleito presidente da mesa do congresso nacional do CDS-PP, acabou de anunciar os resultados das eleições internas no partido

João Pedro Henriques

A comissão política da líder do CDS-PP, Assunção Cristas, foi eleita com 89,2% dos votos, menos do que no último Congresso, e perdeu três lugares no Conselho Nacional.

Há dois anos, a direção de Assunção Cristas tinha sido eleita com 95,59% dos votos.

A lista da direção ao Conselho Nacional, encabeçada por António Lobo Xavier, conseguiu 51 dos 70 lugares (72,8%), enquanto a lista liderada por Filipe Lobo D' Ávila elegeu 13 conselheiros (18,5%) e a da Tendência Esperança em Movimento (TEM), cujo primeiro nome é Abel Matos Santos, seis (8,5%).

No anterior Congresso, em Gondomar (Porto), havia apenas duas listas concorrentes ao Conselho Nacional: a de Assunção Cristas, que conseguiu 54 lugares (75,48%), e a de Filipe Lobo D'Ávila que alcançou 23,08%, correspondente a 16 lugares, menos três do que elegeu neste Congresso.