Câmara de Lisboa gasta 57 mil euros em cartolas

CDS critica gastos com passagem de ano no Terreiro do Paço.

DN
Fogo de artifício na entrada em 2017 no Terreiro do Paço© António Pedro Santos/ Arquivo Global Imagens

A Câmara de Lisboa vai oferecer aos foliões que vão estar na Praça do Comércio na noite de passagem de ano 30 mil cartolas de plático, brilhantes, vermelhas e pretas. A compra deste acessório terá custado à autarquia 57 mil euros, avança o jornal i.

A compra foi feita através da Egeac, a empresa municipal que gere os equipamentos de animação cultural na cidade e que está a organizar os festejos de passagem de ano. De acordo com o i, o preço das cartolas "representa uma parte significativa dos 650 mil euros" que o presidente da câmara, Fernandio Medina, conta gastar com o réveillon. O espetáculo pirotécnico, por exemplo, custará 74 mil euros (mais IVA) e a contratação da fadista Ana Moura, no dia 29 de dezembro, fica por 23 mil euros (mais IVA).

Citado pelo mesmo jornal, João Gonçalves Pereira, vereador do CDS-PP na câmara de Lisboa, considera estes gastos "imorais", "principalmente quando se diz que não há dinheiro para bairros sociais, creches ou programas de apoios a idosos".