Emails de portugueses à venda na Net

Bom e barato, apregoa o vendedor. Partido Os Verdes questiona ministra da Justiça

DN
© DR

Vendedor garante que o produto é bom e barato. E que produto é esse? Uma base de dados com milhões de emails de portugueses. Quanto custa? 40 euros. O produto está à venda no Portal do Emprego e levou o partido Os Verdes a questionar a ministra da Justiça e a solicitar uma posição por parte da Comissão Nacional de Proteção de Dados, avança hoje O Jornal Económico.

O anúncio foi colocado no Portal do Emprego com o título "vendo lista com quatro milhões de emails portugueses. Válida e muito recente". O vendedor pede 40 euros pelo produto, que, segundo o anúncio, tem sido atualizado trimestralmente, sendo eliminados os emails que já não se encontram ativos.

O PEV, segundo O Jornal Económico, pede esclarecimentos à ministra da Justiça, Francisca Van Dunem. "Uma vez que a venda de contactos particulares pode representar uma violação da proteção de dados dos cidadãos, apesar de existir legislação nesse sentido, é imperioso apurar a legalidade da situação descrita e de garantir que os dados pessoais estão efetivamente protegidos", alertam José Luís Ferreira e Heloísa Apolónia.

Os deputados do PEV pedem ainda uma posição da Comissão nacional de Proteção de dados sobre a situação.