Agentes da PSP agredidos quando tentavam separar pai e filho

Instrumentos de construção civil terão sido utilizados para agredir os polícias

DN

Dois agentes da PSP de Cascais foram agredidos esta sexta-feira, ao final da manhã, quando tentavam resolver uma desavença entre pai e filho por causa de uma vedação. Os agentes tiveram de ser assistidos de urgência no Hospital de Cascais.

O site Cascais24 explica, citando fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, que os incidentes aconteceram pouco depois das onze horas da manhã, sendo que os agentes foram chamados ao local para resolver uma situação entre dois homens, alegadamente pai e filho. No local estariam também mais pessoas que, de acordo com o mesmo site, estavam a ajudar nos trabalhos.

Aquando no local, os agentes da PSP terão pedido que as ferramentas que estavam ser utilizadas na obra fossem pousadas, para efeitos de segurança.

Terá sido então que os agentes foram agredidos, inclusivamente através da utilização de uma das ferramentas, por um dos homens.

Os agentes viram-se novamente confrontados com agressividade, desta vez do filho que veio em defesa do pai. Ambos os homens foram detidos e levados para a esquadra.