Falso alarme: ameaça de bomba leva a evacuação de dependências do BPI

Um telefonema para um dos balcões de Lisboa obrigou a acionar o protocolo de segurança

Uma ameaça de bomba levou esta manhã à evacuação de todas as dependências do BPI em Lisboa.

De acordo com o porta-voz do BPI, Rui Silva, tratou-se de um "falso alarme" e todos os funcionários estão já a regressar aos seus postos de trabalho.

Segundo o responsável, a empresa "tomou todas as medidas previstas no protocolo de segurança", que foi imediatamente acionado.

A ameaça de bomba - que se revelou ser um falso alarme - foi realizada através de um telefonema para um dos balcões do banco em Lisboa.

Nas Torres de Lisboa, onde existe um balcão, os funcionários da dependência saíram para a rua, alguns usando coletes refletores. Ao DN explicaram que lhes foi comunicado que se tratava de um simulacro. "Ouvimos o alarme e mandaram-nos sair", disse um dos funcionários, que não se quis identificar.

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.