Ambulância ardeu completamente na A24

Transportava sete pessoas

Uma ambulância que transportava três doentes da zona de Chaves para hemodiálise no Hospital de Vila Real ardeu completamente, de acordo com fonte dos Bombeiros Flavienses, corporação à qual pertencia. A ambulância transportava três doentes e três acompanhantes, além do condutor, que não sofreram ferimentos. O veículo começou a arder "em andamento", provavelmente em consequência de uma avaria, segundo a mesma fonte.

De acordo com a Lusa, a viatura ardeu por completo na A24, perto de Vidago (Vila Real), ao quilómetro 29, no sentido norte/sul.

Em declarações à Lusa, fonte do Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS) de Vila Real adiantou que o alerta foi dado pelas 13:30 e que no local estiveram os bombeiros de Vidago, Flavienses e da Saudação Pública de Chaves.

Fonte do Comando Territorial da GNR de Vila Real adiantou à Lusa que a ambulância, que "ardeu na totalidade", transportava vários doentes que iam fazer hemodiálise ao Hospital de Vila Real e que nenhum ficou ferido.

A viatura em chamas provocou corte parcial das duas vias num local com três vias, mas pelas 15:40, as três vias já estavam com o trânsito normalizado, acrescentou a mesma fonte da GNR.

O veículo começou a arder "em andamento", provavelmente em consequência de uma avaria, segundo a mesma fonte.

Exclusivos

Premium

Betinho

"NBA? Havia campos que tinham baldes para os jogadores vomitarem"

Nasceu em Cabo Verde (a 2 de maio de 1985), país que deixou aos 16 anos para jogar basquetebol no Barreirense. O talento levou-o até bem perto da NBA, mas foi em Espanha, Andorra e Itália que fez carreira antes de regressar ao Benfica para "festejar no fim". Internacional português desde os Sub-20, disse adeus há seleção há apenas uns meses, para se concentrar na carreira. Tem 34 anos e quer jogar mais três ou quatro ao mais alto nível.