Agressor de árbitro Pedro Proença é conhecido da PSP

Américo, 32 anos, o sócio do Benfica que agrediu o árbitro Pedro Proença à cabeçada no Centro Comercial Colombo, foi identificado em confrontos pelo Corpo de Intervenção no último Benfica-Sporting, a 2 de Março.

"Sócio cativo do Benfica." Foi assim que Américo, de 32 anos, se apresentou na esquadra da PSP do Colombo, na noite de segunda-feira, depois de ter dado uma cabeçada ao árbitro Pedro Proença, em plena zona pública do segundo piso do Centro Comercial Colombo, em Benfica (Lisboa). "O gajo só roubava o Benfica!", terá dito Américo aos polícias, justificando a agressão que valeu ao árbitro um ferimento na boca e dois dentes partidos.

Pedro Proença apresentou queixa-crime por ofensas à integridade física na Esquadra da PSP do Colombo. Américo saiu constituído arguido, com termo de identidade e residência. O agressor não tem antecedentes criminais.

Segundo apurou o DN, no último derby da Segunda Circular, a 2 de Março de 2011, o benfiquista Américo foi um dos desordeiros identificados pelo Corpo de Intervenção da PSP.

Leia mais no e-paper do DN.

Ler mais

Adolfo Mesquita Nunes

Premium Derrotar Le Pen

Marine Le Pen não cativou mais de dez milhões de franceses, nem alguns milhões mais pela Europa fora, por ter sido estrela de conferências ou por ser visita das elites intelectuais, sociais ou económicas. Pelo contrário, Le Pen seduz milhões de pessoas por ter sido excluída desse mundo: é nesse pressuposto, com essa medalha, que consegue chegar a todos aqueles que, na sequência de uma crise internacional e na vertigem de uma nova economia digital, se sentem excluídos, a ficar para trás, sem oportunidades.

João Taborda da Gama

Premium Temos tempo

Achamos que temos tempo mas tempo é a única coisa que não temos. E o tempo muda a relação que temos com o tempo. Começamos por não querer dormir, passamos a só querer dormir, e por fim a não conseguir dormir ou simplesmente a não dormir, antes de passarmos o resto do tempo a dormir, a dormir com os peixes. A última fase pode conjugar noites claras e tardes escuras, longas sestas de dia com um dormitar de noite. Disse-me um dia o meu barbeiro que os velhotes passam a noite acordados para não morrerem de noite, e se ele disse é porque é.