Agressões levam feirante a tribunal

Um feirante foi detido pela GNR durante a madrugada deste domingo depois de ter agredido dois colegas à catanada, durante a festa de São José, no centro da Póvoa de Lanhoso.

De acordo com as informações recolhidas pelo DN junto de fonte daquela força policial tudo aconteceu cerca das 22.30 de sábado, no recinto principal daquela feira franca, quando dois feirantes que ali operavam se envolveram numa acesa discussão seguida de troca de agressões.

Na origem da disputa esteve o terreno ocupado pela barraca de um dos feirantes, "em cima" da do colega, que "levou a mal", descreveu ao DN uma fonte policial, iniciando-se uma violenta troca de agressões. Um terceiro feirante, ao tentar separar os colegas, acabaria por ser atingido na cabeça, mas não corre perigo de vida.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".