8.000 contra o "roaming" no segundo dia

A petição contra o "roaming" lançada por associações de consumidores em Portugal e Espanha já ultrapassou as 8.000 assinaturas.

"Zero roaming", assim se chama a petição ibérica, uma iniciativa da DECO, da Organização de Consumidores e Usuários de Espanha, do Eixo Atlântico e da Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças.

Entretanto, também a Consumentenbond (associação de consumidores holandesa) e a Federação Europeia de Organizações de Consumidores (BEUC) aderiram à campanha e que pode ser assinada em www.change.org/zero-roaming.

O objetivo é que o Parlamento Europeu e o Conselho Europeu mantenham a data de dezembro deste ano para o fim de um pagamento extra quando se telefone entre países comunitários.

É aquela a data proposta pela Comissão Europeia, que o Parlamento ratificou, mas, segundo a DECO, as instâncias europeias privilegiaram "as posições das operadoras, em detrimento da posição dos cidadãos e pretende adiar, de maneira injustificada, a eliminação do "roaming" até ao ano de 2018".

Exclusivos