INE divulga hoje resultados preliminares

O INE (Instituto Nacional de Estatística) apresenta hoje, na sua sede, os resultados preliminares dos Censos 2011, considerada a maior operação estatística realizada junto da população do território português.

O XV Recenseamento Geral da População e o V Recenseamento Geral da Habitação decorreu de 7 de Março a 24 de Abril e permitiu reunir dados sobre onde vivem os cidadãos portugueses, onde trabalham, quantos são e que estudos têm. Além da entrega e recolha porta-a-porta dos inquéritos em papel, uma operação que começou a ser estudada há cinco anos pelo INE, este ano, pela primeira vez, o recenseamento foi também realizado através da Internet. Segundo dados do INE, 5,3 milhões de pessoas, residentes em 1,9 milhões de alojamentos, escolheram o computador em detrimento do papel.

Durante o processo de recenseamento, a linha de apoio telefónico recebeu quase 45.000 chamadas até 11 de Abril e muitos dos utentes queixaram-se do serviço. Também algumas perguntas do questionário levantaram dúvidas e lançaram alguma polémica, nomeadamente a questão relativa aos recibos verdes, que levou um grupo de cidadãos a interpor uma acção judicial, exigindo a retirada da questão, que o Tribunal Administrativo de Lisboa julgou improcedente.

A Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) impossibilitou que o INE usasse ou disponibilizasse as respostas dadas ao inquérito sobre as uniões de facto e as pessoas não residentes que estavam em casa a 21 de Março, a data de referência do recenseamento. Apenas no final do ano poderão ser conhecidos os resultados definitivos do XV Recenseamento Geral da População e do V Recenseamento Geral da Habitação.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG